Voltar
.
. ::: Paraguaçu     Publicidade
.


 


 

 

 

 
 Facebook
 .

 

 

 

 

 

 

.

Voltar para página inicial

 

  - Emancipação
- Geografia
-
Clima

-
Potamografia
-
Orografia
-
Símbolos do Município
- Hino da cidade
Topônimo
   .
Carmo dos Tocos
   .
Carmo da Escaramuça
   .
Paraguassu
   .
Paraguaçu

 

Aniversário 30 de Agosto
Fundação 30 de Agosto de 1911
Gentílico paraguaçuense
Lema Cidade Amizade
Prefeito(a) José Tiburcio do Prado Neto (PSDB)
Área 419 km²
População 20.748 hab. est. 2006

.:: HISTÓRIA

      Os Sertões de São Sebastião, onde despontaria o Município de Paraguaçu, eram habitados por selvagens indígenas da tribo “Mandibóia”, do grupo Tupi-Guarani. Não eram antropófagos, mas eram valentes e vingativos. Habitavam nas margens dos Rios Sapucaí e Dourado, ricas em frutas e peixes. Mandibóia significa “cobra enrolada, preparada para dar o bote”. Os indígenas eram numerosos, mas com o povoamento da região foram se deslocando para a zona do Triângulo Mineiro, até então despovoada por gente civilizada.

      No fim do século XVIII foram concedidas duas sesmarias nos Sertões de São Sebastião, Freguesia de Campanha da Princesa da Beira, no sul de Minas Gerais. A primeira, por volta de 1790, ao Capitão Manoel Luiz Ferreira do Prado. E a segunda, poucos anos depois, ao português Agostinho Fernandes de Lima Barata. As duas sesmarias formam hoje os municípios de Paraguaçu e Fama.


FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

      O Distrito, com a denominação de Nossa Senhora do Carmo da Escaramuça, deve sua criação à Lei Provincial 168, datada de 15 de março de 1840.

      A Lei 556, de 30 de agosto de 1911, criou o município com a denominação de Paraguaçu, com território desmembrado do Município de Santo Antônio do Machado e que foi festivamente instalado a 1º de junho de 1912.

      No ano de 1923, pela Lei Estadual 843, o Município de Paraguaçu anexou ao seu território o distrito de Fama, desmembrando-o do Município de Alfenas, passando a constituir-se de 3 distritos: o de Paraguaçu (sede), o de Fama e o de Paramirim (ex-Pouca Massa e cujo significado é Rio Pequeno e serve para confirmar a preferência pelos nomes tupi-guaranis e nomes de rios).

     A Lei 893, de 10 de setembro de 1925, eleva à categoria de cidade a sede do município de Paraguaçu.

      De conformidade com a divisão territorial do Estado, estabelecida pelo Decreto-lei 1958, de 31 de dezembro de 1943, o município de Paraguaçu compreende os distritos de Paraguaçu, Fama e
 Guaipava (ex-Paramirim).

     A 1º de janeiro de 1948 o distrito de Fama foi desanexado do Município de Paraguaçu por ter se emancipado, passando a constituir o Município de Fama. E Paraguaçu passou a contar com os distritos de Paraguaçu (sede) e o de Guaipava.

FORMAÇÃO JUDICIÁRIA

      O termo judiciário, subordinado à Comarca de Machado, teve sua criação a 1º de janeiro de 1917, e a Comarca de Paraguaçu foi instalada em 1º de janeiro de 1939.

 

Voltar para página inicial

 

.
Todos os Direitos reservados.
Criado e desenvolvido por Thiago Lino Martins

Portal tpower - Desde 07.07.2001

Fale Conosco:
e-mail:
thiagomartins@tpower.com.br


Portal Tpower
Thiago Lino Martins
 
.